A cultura organizacional na Era LGPD


LGPD

As mudanças trazidas pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) são permanentes e deverão ficar intrínsecas no DNA das empresas. Para tanto, é necessário que todos os colaboradores, inclusive a alta direção da Organização, estejam envolvidos nessa transformação. “A mudança de comportamento é decorrente de uma mudança cultural ou da necessidade de adaptação. Corporativamente falando, o exemplo dessas mudanças na prática e da necessidade de melhorar deve vir de cima, como dizem as boas práticas”, afirma Ricardo Souza, Especialista em Riscos e Governança Corporativa, no Grupo Assaf. 


Para adotar novos procedimentos dentro de suas rotinas, é necessário que todos os colaboradores compreendam sua importância na proteção dos dados pessoais coletados pela empresa e utilizados em suas atividades recorrentes. “A proteção da informação, os cuidados no novo ambiente de trabalho, novas formas de interação com as outras pessoas, como se relacionar com outras empresas e como você divulga ou expõe seus dados para o mundo, seja ao acessar redes sociais na empresa ou iniciar a gravação de uma videoconferência sem o consentimento das pessoas. Essa preocupação não nasce, deve ser aprendida e exercitada”, destaca Ricardo.


Nova cultura organizacional


Grandes mudanças acontecem quando as pessoas tomam consciência de seus direitos, e, com a LGPD elas entenderão o valor que seus dados pessoais têm para as empresas que os coletam. Afinal, as organizações têm o dever de chamar a atenção do usuário para a leitura dos seus novos termos, e assim, propagar a retomada do controle dos dados pessoais por parte do titular. “Decidir o nível de exposição é ter o controle sobre seus dados, sua identidade, sua individualidade, inclusive o controle sobre o esquecimento de todos ou parte destes dados pessoais. Claro que dentro da lei e das regulamentações”, explica o Especialista Ricardo, que completa. “O primeiro nível de preocupação, que exige atenção é a esfera pessoal, o que você transmite de uma pessoa para outra, o que você expõe em contatos individuais. A segunda esfera está relacionada à família e a um círculo estreito de relacionamentos. O terceiro refere-se a quão expostos estão seus dados para o mundo, em redes sociais, em relacionamentos profissionais, em comunidade, etc”. 


Com o avanço do entendimento pela população, pode-se dizer que o principal impacto da LGPD não será tecnológico, e sim cultural. Mas mesmo assim, ainda será necessário que a Organização promova ações de conscientização e produza materiais informativos para fixar os novos comportamentos dentro da empresa e criar uma cultura organizacional alinhada à LGPD. “Conhecer sobre um determinado assunto, entender e melhorar, mudam o ambiente onde o indivíduo está inserido”, afirma Ricardo.


Uma empresa transparente e preocupada com seus processos não fica exposta


Um banco de dados com 250 milhões de dados pessoais de clientes do suporte técnico de uma das maiores empresas de tecnologia ficou exposto durante o mês de dezembro de 2019. A gigante do software agiu imediatamente para corrigir o erro e informar os usuários que poderiam ter sido afetados. “Não foi detectado pela comunidade, e sim por uma empresa externa à empresa, que agiu imediatamente na contenção da exposição dos dados. O fato dela reconhecer as fragilidades, efetuar uma resposta imediata, comunicar os envolvidos e a mídia, levou a não penalização da empresa”, explica Ricardo. 


“Se a divulgação da exposição tivesse acontecido pela comunidade, as medidas adotadas poderiam ser reconhecidas como falhas ou culpa por falta de monitoração, vigilância, entre outras e um efeito irreparável à sua imagem pública”, conta o Especialista do Grupo Assaf. A grande lição que fica para todas as empresas é “eu olhei para minha empresa procurando fragilidades, encontrei, mitiguei os riscos e comuniquei os interessados”, completa Ricardo.


A importância da mudança na cultura organizacional fará toda a diferença nas operações diárias de uma empresa. Por isso, adeque-se à LGPD com especialistas em Direito, Governança e Boas Práticas que estão atualizados com as normas exigidas e prontos para preparar sua Organização e seus colaboradores à nova Lei. Inicie o processo de adequação agora mesmo clicando aqui


208 visualizações
Keyboard and Mouse

#BlogAssaf 

Preencha dos campos abaixo e receba nosso conteúdo gratuitamente.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.